BIOGRAFIA (Marlon Cabreúva)

Atualizado: 27 de ago. de 2021

Quero apenas compartilhar abertamente, a quem possa interessar, como me libertei de crenças que me deixaram, durante décadas, extremamente angustiado e me faziam me sentir muito culpado e pesaroso comigo mesmo.

NASCIMENTO EM FAMÍLIA EVANGÉLICA EXTREMAMENTE ORTODOXA

Nasci em família evangélica muito rígida (CCB), com dezenas de parentes com cargos na igreja. Dois avôs atendiam a cultos religiosos e ministravam a “Palavra de Deus” a comunidades locais. Duas avós faziam parte da “obra da piedade”, administrando recursos doados para pessoas carentes.

Cresci rodeado de reuniões em casa, orações e presenciando centenas de milagres ao meu redor.

Meu pai evangelizava a muitas pessoas individualmente num trabalho voluntário de formiguinha. Estando perto, eu escutei sermões de evangelização dezenas de vezes, ao mesmo tempo em que ele descrevia em detalhes a perdição e sofrimento final de quem não aceitasse a evangelização. Ele torturava as pessoas psicologicamente ao descrever em detalhes sórdidos o sofrimento do inferno. Talvez a pior vítima do método de evangelização inventado por ele tenha sido eu mesmo.

Paradoxalmente meus pais me colocaram dos 6 aos 10 anos de idade para estudar em uma escola católica muito tradicional em São Paulo (Colégio Agostiniano São José). Lá fui escolhido pela líder espiritual para ser um ajudante em algumas atividades religiosas católicas e meus pais se espantaram quando começar a rezar Ave Maria decorado.

Ver duas religiões extremamente diferentes por dentro e por fora logo cedo, me fez questionar muito as diferentes formas de espiritualidade.

Sendo extremamente religioso, rejeitava qualquer relação íntima temporária que não fosse séria. Conheci apenas duas mulheres intimamente, também muito ligadas a famílias religiosas. Por volta dos 14 anos idade, namorei uma moça e com a família dela frequentei cultos da Igreja Batista e Igreja Nazareno. E minha segunda namorada, católica com a qual me casei em menos de 2 anos de namoro e ainda aceitei o culto religioso católico para regularizá-la.

Me casei aos 22 anos de idade. Os jovens religiosos se casam cedo para terem relações íntimas dentro de sua visão espiritual.

Meu casamento durou 15 anos e culminou em divórcio em 2015.

CONFLITOS INTERNOS, AUTOENGANO ESPIRITUAL E QUESTIONAMENTO DE CONTRADIÇÕES

O grande volume de milagres que eu presenciava se associavam no meu sistema de crenças ao que eu ouvia muito desde criança, do dogma de muitas igrejas católicas segundo as quais “a Bíblia é a perfeita palavra de Deus”, sem erros, nem imperfeições, poia segundo elas Deus é justo, onipresente e onipotente.

Eu tentava aplicar à risca tudo o que me fora ensinado e tudo o que eu lia, mas meu estado emocional não se aquietava. Desejos e culpa geravam tensões emocionais muito fortes.

Congregava em cultos e a palavra continua a falar muito diretamente comigo de forma muito especial. Era impossível ser mera coincidência pelo grau de detalhes como a palavra ministrada lá de longe na frente da igreja me respondia a muito do que eu passava e perguntava.

No ano de 2007 entre em grande conflito com minhas emoções, questionei algo em oração e recebi uma direção muito diferente do convencional através da pessoas que ministrava o culto lá na frente da igreja. Mesmo eu percebendo autenticidade de que aquilo vinha de fora para mim ao receber detalhes da situação pela qual me passava, segui o que me foi orientado e sofri um grande choque em minha vida com um conflito familiar tremendo. lgul

Eu tinha cometido um grande erro baseado não em uma profecia, mas como dizem alguns, eu uma “profetada”, ou seja, algo que me disseram como se fosse uma verdade vinda de Deus, mas era um engano. Depois do grande choque familiar e partindo da crença do tremendo engano que recebi da igreja, comecei a questionar e pesquisar muito sobre as bases espirituais de diversas correntes religiosas.

Passei a frequentar outras igrejas diferentes e a estudar muito as diversas variantes de teologias cristãs, não cristãs. Sem frequentar igrejas não cristãos, eu passei a estudar profundamente vários livros e artigos espíritas, hindus, budistas e até umbandistas e livros ateus, mas nunca realizando os seus ritos e costumes.

Frequentei várias igrejas evangélicas e me firmei em uma Igreja Batista organizada pelo sistema de células. Lá permaneci por bastante tempo, fiz um curso completo que era um curso de teologia simplificado. Me formei e me tornei apto a ser líder de célula. Ministrei a “palavra de Deus” em células domiciliares, mas me senti de certa forma hipócrita em ensinar algo que eu mesmo conhecia mas não estava totalmente crente ou concorde com todas as diretrizes passadas de cima para baixo pela igreja, apenar de todo o respeito e agradecimento que meus líderes mereciam e merecem até hoje.

CONTRADIÇÕES INTERNAS NA BÍBLIA

Finalmente por volta dos 32 anos de idade, dei um grande passo no meu conhecimento. Encontrei um estudo que demonstrava as contradições existentes dentro da própria Bíblia consigo mesma. Aquilo me libertou da crença e da visão da perfeição da Bíblia e meus conflitos psicológicos começaram a ir embora, porque tudo começava a ser reinterpretado por mim dentro de um sistema mais coerente e com bom senso.

Continuei pesquisando outras correntes religiosas, além de realizar mais e mais estudos com minha biblioteca espiritual pessoal com dezenas de livros. O que tinha estudado até então já equivaleria a umas duas faculdades de teologia em sistemas de crenças diferentes.

Quando Jesus amaldiçoou a figueira?

Antes de expulsar os comerciantes do templo. Mc 11:12-17

(versículo 15)

Depois de expulsar os comerciantes do templo. Mt 21:12, 21:17-19

Quando a figueira amaldiçoada morreu?

Morreu imediatamente. Mt 21:19-20

Ela não morreu até a manhã seguinte. Mc 11:13-14, 20-21

Quantas mulheres chegaram ao sepulcro?

Uma. Jo 20:1

Duas. Mt 28:1

Três. Mc 16:1

(quase claro que foram três)

Cinco ou mais. Lc 24:1, 24:10

Quem as mulheres viram na tumba?

Um anjo. Mt 28:2

Um homem jovem. Mc 16:5

Dois homens. Lc 24:4

Dois anjos. Jo 20:12

A tumba estava aberta ou fechada quando as mulheres chegaram?

A tumba estava aberta. Lc 24:2

A tumba estava fechada. Mt 28:2

Os homens ou anjos estavam dentro ou fora da tumba quando as mulheres chegaram?

Fora. Mt 28:2

Dentro. Mc 16:5, Lc 24:3-4, Jo 20:11-12

O galo cantou antes ou depois da negação de Pedro?

Pedro negou Jesus três vezes antes de o galo cantar. Mt 26:70, 26:72, 26:74, Lc 22:57-60, Jo 18:17, 18:25-27

O galo cantou depois da primeira negação de Pedro. Mc 14:67-72

Como Jesus respondeu quando questionado pelo sumo sacerdote?

Ele não respondeu diretamente. Mt 26:63-64

Ele respondeu diretamente dizendo, "Eu o sou". Mc 14:62

A quem Jesus fez o primeiro aparecimento após a sua ressurreição?

Maria Madalena e outra Maria. Mt 28:1, 28:9

Maria Madalena. Mc 16:9, Jo 20:11-14

Cleopas e um outro. Lc 24:13-31

Cefas. I Co 15:4-5

Quantos cegos foram curados perto de Jericó?

Dois. Mt 20:30

Somente um. Mc 10:46, Lc 18:35

Quantos homens foram possuídos por demônios?

Somente um homem foi possuído por demônios. Mc 5:1-2, Lc 8:26-27

Dois homens foram possuídos por demônios. Mt 8:28

A filha de Jairo estava viva quando Jesus chegou?

Ela já estava morta quando Jesus chegou. Mt 9:18

Ela ainda estava viva quando Jesus chegou. Mc 5:22-23, Lc 8:41-42

Quem foram os apóstolos?

Simão (Pedro), André (irmão de Pedro), Tiago (filho de Zebedeu), João (irmão de Tiago), Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus, Tiago (filho de Alfeu), Lebeu (Tadeu), Simão (Zelote), Judas (Iscariotes). Mt 10:2-4, Mc 3:16-18

Simão (Pedro), André (irmão de Pedro), Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago (filho de Alfeu) Simão (Zelote), Judas (filho de Tiago), Judas (Iscariotes). Lc 6:14-16, At 1:13

Qual a Idade de Acazias?

  • II Reis 8:26 "Acazias tinha vinte e dois anos quando começou a reinar."

  • II Crônicas 22:2 "Tinha quarenta e dois anos quando começou a reinar [Acazias]."

Quem Foi o Pai de José?

  • Mateus 1:16 "E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus."

  • Lucas 3:23 "Ora tinha Jesus cerca de trinta anos ao começar o seu ministério. Era, como se cuidava, filho de José, filho de Heli."14

Os Homens de Saulo Ouviram Uma Voz ou viram alguma coisa?

  • Atos 9:7 "Os seus companheiros de viagem pararam emudecidos, ouvindo a voz, não vendo contudo, ninguém."

  • Atos 22:9 "Os que estavam comigo viram a luz, sem contudo perceber o sentido da voz de quem falava comigo."11

(Para mais detalhes sobre esta contradição, com uma análise de lingüística das palavras gregas, veja "Did Paul's Men Hear A Voice?"? por Dan Barker, publicado no The Skeptical Review 1994#1, o texto é em inglês.)

Quando a transfiguração aconteceu?

Seis dias depois que Jesus predissesse a sua morte. Mt 16:28 - 17:2, Mc 9:1-2

“Quase Oito dias depois” que Jesus predissesse a sua morte. Lc 9:27-28

Quantos Cavalos Tinha Salomão?